Não tem experiência profissional? Saiba o que colocar no currículo

set-20th-2014

Candidato a primeiro emprego deve destacar qualidades e cursos já feitos.
Voluntariado ou ‘bicos’ devem ser mencionados, dizem especialistas.

 

O que um candidato sem experiência deve colocar no currículo? É preciso “enchê-lo” com as suas habilidades e dizer o que quer aprender? Essas são algumas das dúvidas de quem está em busca da primeira oportunidade no mercado de trabalho.

“Quando o recrutador vê a idade no currículo já imagina que o candidato não tem experiência, e isso não é visto como um problema. Ele deve sempre colocar em destaque o que tem de melhor: a formação escolar, um idioma, voluntariado e até uma experiência profissional fora do mercado formal”, orienta Flávia Mentone, gerente de diversidade e gestão de pessoas da Secretaria Municipal do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo de São Paulo.

Veja aqui um modelo de currículo para o primeiro emprego.

Conhecimentos em idiomas, informática e cursos extracurriculares ou profissionalizantes ajudam a compor a lista de habilidades que podem ser apresentadas. De acordo com Dorileia Almeida, gerente da filial de Recife da Gi Group Brasil, empresa internacional de recursos humanos, o candidato pode destacar alguma característica que tenha relação com a vaga. “É interessante indicar se ele possui algum conhecimento específico do cargo para qual está concorrendo, assim como sinalizar se possui vivência em alguma atividade específica”, diz.

‘Bico’ é válido

Flávia diz que os recrutadores valorizam os “bicos” já feitos por quem está começando. Vale citar no currículo trabalhos em uma empresa familiar, em organização de pequenos eventos e até um trabalho temporário.

Segundo as especialistas, candidatos que fizeram voluntariado e intercâmbio devem informar as experiências. Elas contam muitos pontos, porque mostram que o futuro funcionário gosta de aprender e de participar de diferentes projetos.

Projeto de iniciação científica, trabalhos de conclusão de curso (TCC) e atuação em empresa júnior da faculdade também podem ser mencionados.

Nota não precisa
Por outro lado, notas obtidas na escola ou na faculdade não devem entrar no documento, a não ser que a vaga seja acadêmica. “Caso o candidato alcance algum mérito acadêmico e considere importante incluí-lo em seu currículo, não vejo problemas, mas é importante utilizar o bom senso e não ‘copiar’ o seu histórico escolar para o currículo”, afirma Dorileia, da Gi Group Brasil.

O candidato deve sempre ficar atento ao tamanho do currículo e deve tomar cuidado para não colocar informações desnecessárias. “O recrutador tem uma pilha de currículos na mesa e os muito longos mal são vistos”, ressalta Flávia.

O ideal é evitar escrever habilidades genéricas, como proatividade e criatividade, e destacar os conhecimentos técnicos e habilidades adquiridas em cursos.

 

Veja passo a passo para montar o currículo para 1º emprego:
1) Dados pessoais
Informações que devem constar no início do currículo: nome completo, idade, estado civil, endereço, cidade, região, telefone (celular, residencial ou para recados) e e-mail.
2) Objetivo
Candidato pode listar o cargo de interesse. Caso ele não tenha uma posição específica, pode citar a área de atuação, como logística, administrativa, entre outras.
3) Formação acadêmica
Deve ser informado o último grau de escolaridade, ou seja, quem não tem nível superior deve citar o nível médio, e assim por diante. A descrição deve ter o nome da instituição, curso e ano de conclusão ou previsão de término.
4) Idiomas, informática e outros cursos
Como o candidato não possui experiência, ele deve mostrar que tem outras habilidades que poderão ser utilizadas no emprego.
5) Voluntariado e outras experiências
As experiências no mercado informal são válidas e podem ser citadas. O voluntariado é muito valorizado pelas empresas.
6) O que não colocar
– Foto (só quando o empregador solicitar)
– Número de documentos
– Título “currículo vitae” ou “currículo”
– Nome de pais, marido ou esposa e filhos
– Referências pessoais (contatos de pessoas que podem falar sobre o profissional não devem ser indicados)
– Pretensão salarial
– Cartas de referência
– Certificados de cursos realizados
– Data e assinatura
– Habilidades genéricas, como proatividade e criatividade

Objetivo
Flávia, da Secretaria do Trabalho de São Paulo, lembra que mesmo sendo um currículo para o primeiro emprego, o candidato não deve ser muito genérico. Não vale, por exemplo, escrever que quer apenas uma colocação profissional ou um emprego. “É importante colocar o cargo ou o objetivo, pois quando o recrutador ler o currículo ele vai ver que a pessoa sabe o que quer. E na entrevista, o candidato pode falar que tem interesse em aprender e de se desenvolver.”

“É primordial que o objetivo esteja explícito com o intuito de minimizar abordagens desnecessárias. É válido pontuar para quais cargos ou funções específicas o candidato tem interesse”, afirma Dorileia. É possível, por exemplo, dizer que quer atuar na área administrativa.

Para os candidatos que querem falar o quanto desejam aprender, Flávia indica que isso seja informado no corpo do e-mail, quando o currículo é enviado pela internet, ou durante a entrevista. Segundo ela, não vale colocar essa informação junto com o objetivo ou como um parágrafo solto no meio do documento.

Fuja das gafes
Segundo Dorileia, erros gramaticais, informações incoerentes, como nível de inglês desatualizado, formação acadêmica com informações incorretas e omissão de dados que impossibilitam o contato com o candidato estão entre os principais erros cometidos por candidatos que estão em busca do primeiro emprego.

Flávia também lembra que alguns candidatos “jogam contra”, informando as habilidades que não possuem em vez de valorizar seus pontos positivos. “Se ele não tiver determinada experiência não precisa colocar que não tem. Ele não deve falar mal de si mesmo.”

Currículos com letras ou fundo coloridos e com desenhos não são considerados inovadores e não são bem vistos pelos recrutadores. A opção mais segura ainda é apostar no padrão tradicional.

Fonte: G1.com.br

USP lança site com 800 videoaulas grátis

set-14th-2014

USP lança site com 800 videoaulas grátis, com a intenção de disponibilizar para o Brasil parte de seu acervo didático, a Universidade São Paulo (USP) criou o Portal e-Aulas USP. São cerca de 800 videoaulas divididas em três categorias específicas: Exatas, Humanas e Biológicas.

A motivação para o desenvolvimento e implementação do e-Aulas USP foi devido ao grande benefício que se observa com o consumo de objetos de aprendizagem em formato de vídeo disponíveis na Web, que tem demonstrado ser um grande aliado do aluno, que pode acessar este conteúdo de onde estiver.

Internautas podem acessar a vontade e assistir a aulas isoladas ou a matérias inteiras. Tudo de graça e sem inscrições. O único porém é que o site não emite certificados oficiais aos usuários.

O interessado também pode navegar pelas categorias e escolher, dentro delas, a aula de qual curso gostaria de assistir. A plataforma também sugere vídeos com conteúdo relacionado e é compatível com as redes sociais Facebook, Twitter e Google Plus. Algumas aulas estão disponíveis para download.

O endereço virtual foi elaborado pela Superintendência de Tecnologia da Informação (STI) da instituição. Além do material divulgado, o portal também compilou vídeos relacionados e possibilitou o compartilhamento de todo o seu conteúdo via redes sociais.

Acesse aqui as vídeo aulas da USP

Aproveite!

Você também pode fazer cursos rápidos não gratuitos que entregam certificado na sua casa

Dois erros de digitação no CV podem acabar com suas chances

set-3rd-2014

Pesquisa realizada pela Robert Half descobriu que apenas dois erros de digitação no currículo são suficientes para desclassificar candidato do processo seletivo

 

currículo

Currículo: para 17% dos executivos, uma única falha já justifica desistência de contratação

 

 

 São Paulo – É bom você começar a fazer uma revisão extra sempre que for enviar o currículopara uma empresa.

Uma pesquisa realizada pela Robert Half, nos Estados Unidos, descobriu que apenas dois erros de digitação no currículo são suficientes para desclassificar um candidato do processo seletivo.

Segundo a pesquisa, 46% dos gerentes seniores entrevistados afirmaram que desistem de contratar um profissional se ele tiver cometido dois erros de digitação em seu currículo. E para 17% dos executivos, uma única falha já justifica essa desistência.

A boa notícia é que os recrutadores têm sido mais compreensivos e tolerantes.

A pesquisa também revela que houve uma grande redução no número de gestores que descartariam candidatos por apenas um erro no currículo nos últimos anos.

Em 2006, 47% dos gestores afirmaram que apenas um erro seria necessário para eliminar um candidato do processo.

Em 2009 esse número caiu para 40% e, hoje, 17% dos entrevistados desconsiderariam o profissional.

No entanto, é a partir do segundo erro que muitos dos recrutadores desistem de um candidato.

Enquanto em 2006 37% deles eliminariam um profissional da competição por uma vaga, em 2014 esse número subiu quase dez por cento (46%).

Erros 2014 2009 2006
Um 17% 40% 47%
Dois 46% 36% 37%
Três 27% 14% 7%
Quatro ou mais 9% 7% 6%

Os erros de digitação mais comuns são relacionados a datas e à concordância gramatical.

De acordo com o diretor de operações da Robert Half no Brasil, Sócrates Melo, a tolerância aos erros está ligada ao tipo de posição que está em disputa.

“Entre os gestores brasileiros, ela costuma ser baixa. O tipo de erro conta mais do que a quantidade”, diz.

Melo também afirma que um currículo cheio de falhas pode transmitir a imagem de um profissional de baixa qualidade para os recrutadores.

Segundo o executivo, a análise de um currículo é feita por vários aspectos, que envolvem desde a formação até as realizações do profissional.

Ele também alerta para o fato de que o documento deve comunicar as qualidades do candidato de forma clara e objetiva em, no máximo, duas páginas.

5 dicas para acertar ao falar sobre si durante a entrevista

ago-11th-2014

Em evento da Fundação Estudar, recrutadores deram dicas para jovens acertarem na apresentação pessoal durante a entrevista. Separamos algumas

Entrevista: Sete minutos é o tempo que você tem para “fisgar” um recrutador

São Paulo – Nesta semana, durante a Ene, a Conferência de Carreiras da Fundação Estudar, centenas de universitários e recém-formados tiveram a chance de saber um pouco mais sobre o que grandes empresas como GoogleFacebookAmbev, entre outras, valorizam em candidatos a oportunidades profissionais.

 

Um dos focos dos representantes das empresas foi mostrar aos participantes do evento que uma boa apresentação pessoal pode fazer toda a diferença durante a entrevista de emprego. Exame.com selecionou algumas dicas rápidas para quem quer se dar bem, logo de cara:

1. Os primeiros minutos são cruciais

Sete minutos. É o tempo que você tem para “fisgar” um recrutador. É que, em média, a decisão dele sobre bater ou não o martelo sobre a sua contratação é baseada nestes primeiros minutos da conversa.

Sim, a primeira impressão é a que fica e os representantes das empresas confirmaram esta máxima durante o evento.

2. Conecte os fatos descritos

Descrever a trajetória não é repetir o que está no seu currículo. Afinal, o entrevistador já está com ele na mão.

Em vez de dizer o que fez opte por explicar os “porquês” da sua vida profissional até agora. Assim, você traz significado ao conectar fatos e dados expostos seu currículo.

3. Evite ser muito detalhista

Entrar em muitos detalhes pode comprometer a transmissão do panorama geral da sua carreira, já que a apresentação deve ser rápida. A ideia é manter uma visão de águia a respeito da sua trajetória profissional.

4. Aposte na coesão da sua história

Assim como um texto, a sua apresentação precisa ser coesa. Construa o seu discurso pensando se a história que você vai contar faz sentido e demonstra quem é você e o que você busca para a sua carreira.

5. Deixe adjetivos e chavões de fora do seu discurso

Não sucumba aos adjetivos e chavões na hora de falar sobre si. Falar obviedades como se fossem grandes sacadas pessoais pode dar a impressão de que você é ingênuo demais.

Exemplo: dizer que o intercâmbio permitiu que você entrasse em contato com outras culturas não diz nada além do óbvio. Da mesma forma, autoproclamar-se persistente não quer dizer muita coisa. Deixe que os fatos conduzam o recrutador a concluir isso.

Fonte: Exame

Video com trechos de discursos inspiradores, vale assistir.

jun-3rd-2014

Especialista em RH dá dicas para elaborar um bom currículo

mai-30th-2014

Documento de apresentação profissional deve ser claro e objetivo, diz.
Excesso de dados é um dos principais erros cometidos por candidatos.

 

Ter um currículo sempre atualizado, bem formatado e conciso conta pontos na disputa por uma vaga no mercado de trabalho. Mas para muitos profissionais, esse item ainda é um problema. Por isso, o G1 ouviu uma especialista em Recursos Humanos e elaborou um guia com dicas do que é preciso levar em conta e o que evitar para preparar um bom material de apresentação.

Segundo a diretora da Associação Brasileira de Recursos Humanos do Rio Grande do Sul (ABRH-RS), Solange Azambuja, o grande desafio para os candidatos a uma vaga é saber montar um currículo que ao mesmo tempo reúna as informações mais importantes da vida profissional do candidato e seja atraente aos olhos do analisador. Tudo isso em poucas páginas.

“O candidato tem que pensar que do outro lado tem um selecionador que está fazendo a escolha de vários currículos. Este selecionador tem que sentir, tem que perceber o profissional que está ali naquelas folhas de papel. O currículo precisa ser sucinto, objetivo, claro. Eu não recomendo formulários prontos. Na minha visão, é preciso ter no máximo três páginas. Uma página é muito pouco. Três páginas são o ideal”, destaca.

Dados pessoais
O primeiro passo é colocar os dados pessoais no papel. As pessoas devem adicionar nome, idade, endereço, telefone e e-mail. Estas informações são as mais importantes, pois é com base nelas que a empresa irá fazer contato caso o seu perfil tenha sido selecionado. Não é preciso constar nesse item informações como nome de pai e mãe e número de documentos como carteira de identidade ou CPF.

especialista em Recursos Humanos, Solange Azambuja dá as dicas de como construir um currículo corretamente (Foto: Reprodução/RBSTV)Solange Azambuja diz que currículo deve ter no
máximo três páginas (Foto: Reprodução/RBS TV)

Formação profissional
Solange explica que existem três tipos de formação que devem constar em um currículo padrão. A primeira é a formação básica, que é aquela direcionada para vaga. Em seguida vem a formação complementar, onde se enquadram o conhecimento em idiomas, por exemplo. E o terceiro tipo é a formação complementar específica para a vaga, onde podem constar cursos de especialização e aperfeiçoamento.

Experiência profissional
Este é um dos pontos mais importantes de um currículo. A diretora da ABRH-RS explica que é preciso descrever quais foram as três últimas experiências profissionais, quais delas foram as experiências mais relevantes, quais os principais projetos que a pessoa desenvolveu ou as principais atividades que ela executou dentro da empresa.

“Aqui é o ponto. Então, é só colocar o nome da empresa, o período em que a pessoa atuou naquela empresa e colocar a data de início e do fim do contrato de trabalho. Já para aqueles que estão começando a carreira profissional, é importante colocar a formação, colocar os trabalhos voluntários, que hoje são bem reconhecidos, as viagens que fez e os estágios”, explica Solange.

Principais erros
Muita gente pensa que, quanto mais informações, mais completo ficará o currículo. Porém, esta ideia é um erro clássico, afirma Solange. Quanto menos você inventar, mais atraente e funcional será o seu currículo, ensina a especialista. Esqueça cores, fontes muito grandes e fotografias. Não é apropriado colocar imagens no currículo. Anexar documentos também é um erro muito comum e que deve ser evitado sempre.

“Foto não se deve colocar. Anexar documentos, comprovantes ou certificados também não é nada positivo. Currículos coloridos, então, nem pensar. As empresas recebem bastante currículos coloridos ou com letras muito grandes. Tem que ser um currículo muito adequado, simples, um currículo que possa ser atraente, mas sem ser extravagante”, define.

Fonte: G1.com.br

Indecisão ?

mai-28th-2014

É INDECISO? SEMPRE MUDA DE IDEIA COM RELAÇÃO A ÁREA QUE DESEJA SEGUIR?
QUAL É A PROFISSÃO CERTA PRA VOCÊ?
Não há uma resposta direta para você. Mas, saiba que ao mudar tanto de ideia, você está seguindo os primeiros passos do processo de escolha profissional: a observação de todo o universo das profissões. E, ao fazer isso, procure pesquisar a descrição de cada uma delas. Descarte aquelas que estão bem longe de seus interesses.
O segundo passo é avaliar sua história pessoal no sentido de que valores vocês traz consigo, que experiências foram positivas ou trouxeram desafios que você deseja superar, que contatos com profissões você já teve e como você os avalia.
Busque então se informar sobre a história do trabalho em nossa sociedade: as variações da economia, os projetos políticos em jogo, o desenvolvimento de novas tecnologias. Considere que o trabalho é remunerado de acordo com a qualificação profissional, bem como pelo poder econômico de quem contrata os serviços do profissional qualificado.
Como você pode perceber, escolher uma profissão é bem complicado. Não há uma resposta simples e direta. É você que deve construir esta resposta depois de pensar sobre as questões que expusemos.
Depois de refletir sobre você mesma, sobre a realidade do trabalho em nossa sociedade e sobre as profissões, haverá um momento em que você terá que tomar um “ato de coragem”, ou seja, que assumirá os riscos inevitáveis diante do futuro. Mas serão riscos conscientes, que você correrá com confiança.
FONTE: Guia do Estudante

O que os recrutadores odeiam

set-4th-2013

Sete Segredos de uma entrevista de emprego bem sucedida – 1

ago-31st-2013

Sete Segredos de uma entrevista de emprego bem sucedida

1. Como você se vê afeta a forma como eles vêem você

Uma entrevista de emprego bem sucedida é em evento de vendas em que o produto que está sendo vendido é você, o candidato.

Quando algo está sendo vendido, seja na TV, no jornal ou durante uma entrevista, uma mensagem de vendas está sendo entregue. Como a mensagem é entregue pode prejudicar ou aumentar a sua eficácia.

Em uma entrevista, o candidato quer que a decisão de contrata-lo seja baseada unicamente em sua capacidade de fazer o trabalho. No entanto, se um candidato entrar em uma entrevista com a roupa suja ou desleixada, isso pode afetar o entrevistador de forma negativa, tirando o foco da capacidade do candidato de exercer a função.

Há o ditado: você só tem uma chance para criar uma primeira impressão. Um guarda-roupa muito casual ou desleixado pode criar a impressão inicial errada. Assim, independentemente de quão qualificado você pode ser, sua aparência pode ajudar ou atrapalhar sua entrevista.

O melhor é usar roupas neutras e arrumado.

O candidato mais bem vestido muitas vezes é o menos notado por sua aparência. Desta forma, toda a atenção pode ser focada na entrevista e sobre as qualificações do candidato, e não em sua aparência.

Algumas orientações vestuário para uma entrevista:

Homens:

•      Um cinto apertado, camisa e gravata

•      Cores conservadoras

•      Um terno ou paletó esporte e calças combinando

•      Sapatos bem lustrados

•      Cuidadosamente preparado

Mulheres:

•      Blusa conservadora

•      Traje de passeio

•      Cores conservadoras

•      Roupas de tamanho adequado

•      Traje não reveladora

•      Penteado conservador

Acompanhe esta serie, semana que vem publicarei a segunda dica.

50 lições aprendidas ao longo de uma vida

mai-14th-2011

Recebi este texto por e-mail e decidi publicar aqui gostei muito das dicas de regina brett, leia e reflita.

ESCRITO POR REGINA BRETT

ASSINA UMA COLUNA NO THE PLAIN DEALER, CLEVELAND, OHIO.



1.A vida não é justa, mas ainda é boa.
2. Quando estiver em dúvida, apenas dê o próximo pequeno passo.
3 A vida é muito curta para perdermos tempo odiando alguém.
4. Não se leve tão à sério. Ninguém mais leva…
5. Pague suas faturas de cartão de crédito todo mês.
6. Você não tem que vencer todo argumento. Concorde para discordar.
7. Chore com alguém. É mais curador do que chorar sozinho.
8. Está tudo bem em ficar bravo com Deus. Ele aguenta.
9. Poupe para aposentadoria começando com seu primeiro salário.
10. Quando se trata de chocolate, resistência é em vão.
11. Sele a paz com seu passado para que ele não estrague seu presente.
12. Está tudo bem em seus filhos te verem chorar.
13. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem ideia do que se trata a jornada deles..
14. Se um relacionamento tem que ser um segredo, você não deveria estar nele.
15 Tudo pode mudar num piscar de olhos; mas não se preocupe, Deus nunca pisca.
16. A vida é muito curta para longas piedosas festas. Esteja ocupado vivendo ou esteja ocupado morrendo.
17. Você pode fazer tudo se começar hoje.
18. Um escritor escreve. Se você quer ser um escritor, escreva.
19. Nunca é tarde demais para se ter uma infância feliz. Mas a segunda só depende de vocÊ e mais ninguém.
20. Quando se trata de ir atrás do que você ama na vida, não aceite não como resposta.
21. Acenda velas, coloque os lençóis bonitos, use a lingerie elegante. Não guarde para uma ocasião especial. Hoje é especial.
22. Se prepare bastante, depois deixe-se levar pela maré..
23. Seja excêntrico agora, não espere ficar velho para usar roxo.
24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.
25. Ninguém é responsável pela sua felicidade além de você.
26. Encare cada “chamado desastre” com essas palavras: Em cinco anos, vai importar?
27. Sempre escolha a vida.
28. Perdoe tudo a todos.
29. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.
30. O tempo cura quase tudo. Dê tempo.
31. Indepedentemente se a situação é boa ou ruim, irá mudar.
32. Seu trabalho não vai cuidar de você quando você adoecer. Seus amigos e seus pais vão. Mantenha contato
33. Acredite em milagres
34. Deus te ama por causa de quem Deus é, não pelo o que você fez ou deixou de fazer.
35.O que não te mata, realmente te torna mais forte.
36. Envelhecer é melhor do que a alternativa: morrer jovem
37. Seus filhos só têm uma infância. Faça com que seja memorável.
38. Leia os Psalms. Eles tratam de todas as emoções humanas
39. Vá para a rua todo dia. Milagres estão esperando em todos os lugares
40. Se todos jogassemos nossos problemas em uma pilha e víssemos os de todo mundo, pegaríamos os nossos de volta.
41. Não faça auditoria de sua vida. Apareça e faça o melhor dela AGORA!
42.Se desfaça de tudo que não é útil, bonito e prazeiroso.
43.Tudo o que realmente importa no final é que você amou.
44. Inveja é perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa.
45. O melhor está por vir.
46. Não importa como você se sinta, levante, vista-se e apareça.
47. Respire fundo. Isso acalma a mente.
48. Se você não pedir, você não ganha.
49. Produza.
50. A vida não vem embrulhada em um laço, mas ainda é um presente!!!

 

Close
Para não ver mais esta mensagem clique em um dos botões
Clicando em qualquer um destes botões você ajudar o nosso site a ficar melhor e não vera mais esta mensagem

-